NOTÍCIAS




A formalização de parcerias em áreas estratégicas como saúde, planejamento urbano, educação, meio ambiente e segurança foi o tema de reunião entre o prefeito de Natal, Álvaro Dias, e uma comitiva formada por membros do governo do estado alemão da Renânia Palatinado, bem como representantes de instituições de pesquisa do país europeu. O encontro ocorreu nesta terça-feira (17), no salão nobre do Palácio Felipe Camarão. A iniciativa é mais uma ação inserida na programação do Encontro Econômico Brasil e Alemanha (EEBA) que ocorre na capital potiguar desde o último domingo.


O prefeito saudou a presença dos europeus e reforçou o interesse de Natal em prospectar parcerias que tragam investimentos e gerem o desenvolvimento da cidade. "Essa troca de experiência é muito importante e sentimos um interesse mútuo em efetivarmos esse trabalho em conjunto, saindo do campo das ideias e partindo para a efetivação dos projetos", disse Álvaro Dias, que presenteou a comitiva com uma pintura do artista plástico potiguar Flávio Freitas e recebeu uma réplica do menor livro do mundo escrito pelo alemão Gutemberg, datado do século 16.


Durante o encontro no Palácio Felipe Camarão, o secretário municipal de Planejamento, Alexsandro Silva, fez uma apresentação sobre como essas parcerias podem ser firmadas no compartilhamento de informações que ajudem na preservação do meio ambiente de Natal, contribuindo para uma melhor gestão dos nossos recursos naturais, parques, áreas verdes e incentivando também iniciativas ligadas a pesquisa e aplicação da agricultura urbana. Na segurança pública, ele falou sobre projetos ligados ao reforço no sistema de videomonitoramento da cidade, bem como tratou sobre a realização de investimento em inteligência para potencializar o trabalho da Guarda Municipal no combate ao crime.


A adoção de melhorias no sistema de transporte público de Natal também foi discutida, assim como a implementação de temas ligados à educação 4.0 na grade curricular da rede pública municipal de ensino, com os alunos trabalhando em sala de aula temas como inovação, robótica, tecnologia e ciência. A implementação de mecanismos de ajuste na gestão das unidades de saúde do Município foi outro ponto inserido no debate.


Jurguen Weiler, coordenador do Departamento de Cooperação Internacional e Marketing do Ministério de Economia do Estado da Renânia Palatinado, falou em nome da comitiva, agradeceu ao prefeito e mostrou interesse com o futuro das parcerias entre os governos de Natal e do estado alemão. "Não tenho dúvidas de que encontros como o que tivemos aqui gerarão desdobramentos muito positivos em um futuro próximo. O prefeito Álvaro Dias mostrou toda a sua vontade e disponibilidade em firmar essa aliança que será alvissareira", definiu Weiler.

FOTOS: ALEX RÉGIS / SECOM PMN





Comentários


 

 

Foi publicada no Diário Oficial do Município de segunda-feira (16/09) a relação de locais de votação para o processo de escolha dos conselheiros tutelares para o quadriênio 2020/2023, que tem eleição marcada para o dia o dia 6 de outubro, em todo o Brasil, por meio de voto direto, secreto e facultativo. Na capital potiguar, serão 34 locais de votação.

 

O presidente da Comissão Especial do Processo de Escolha do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Natal/RN (Comdica/Natal), Antônio Sérgio Severiano Câmara, ressalta que o Conselho Tutelar se caracteriza como um espaço importante e legítimo da comunidade, que, por meio de seus representantes, atende as crianças, adolescentes e famílias, objetivando o cumprimento dos seus direitos. Pode, inclusive, utilizar-se de instrumentos jurídicos à disposição, assumindo as funções relacionadas com os aspectos sociais dos cidadãos aos quais os serviços de proteção são destinados.

 

Passaram nas provas deste ano 51 candidatos, que estão em campanha desde o dia 29 de agosto, indo até o dia 04 de outubro. E, desses, serão escolhidos 20 membros titulares (cinco para cada uma das quatro regiões administrativas da cidade) e 40 suplentes (dez por região). A remuneração mensal é de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), com carga horária de 40 horas semanais, de segunda a sexta-feira (8h às 18h). Vale ressaltar que somente os conselheiros titulares serão remunerados. Os suplentes serão nomeados para possível convocação por necessidade de substituição dos titulares.

 

Logo após, os escolhidos passarão por um curso de formação com frequência obrigatória, carga horária mínima de 40 (quarenta) horas e presença mínima de 85% (oitenta e cinco por cento).

 

Confira a relação completa no DOM (http://portal.natal.rn.gov.br/_anexos/publicacao/dom/dom_20190916_fb946004c7f601fddd3ce665076f0b8d.pdf) desta segunda-feira, sabendo qual das escolas abaixo você deverá votar de acordo com sua seção eleitoral.

 

LOCAIS DE VOTAÇÃO:

Zona Norte (ZONAS ELEITORAIS 01ª e 69ª seções):

Escola Municipal Irmã Arcângela Rua São Pedro, 188, Igapó; Escola Municipal João Paulo II Rua do Bambelô, Lagoa Azul; Escola Municipal Maria Dalva Gomes Bezerra Rua Barueri, 1, Lagoa Azul; Escola Municipal José Andrade Frazão Av. Boa Sorte, 1830, Nossa Senhora da Apresentação; Escola Municipal Waldson José Bastos Pinheiro Rua São Francisco, 361, N S Apresentação; Escola Municipal Maria Alexandrino Sampaio Rua do Anequim, s/n, Pajuçara; Escola Municipal Professora Zuleide Fernandes de Macedo Av. Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, Brasil Novo; Escola Municipal Iapissara Aguiar Rua Ilhéus, s/n, Poteng; Escola Municipal Professora Palmira de Sousa Rua Volta Redonda, s/n, Potengi; Escola Municipal Professora Adelina Fernandes Rua Angra dos Reis, s/n, Potengi; Escola Municipal Professora Noilde Ramalho Rua Manoel Caetano, 835, Redinha

 

ZONA SUL (ZONAS ELEITORAIS 3ª e 4ª seções):

Escola Estadual Luis Antônio Rua Alamanda, Candelária; Escola Municipal Carlos Belo Moreno Rua Arapiraca, s/n, Neópolis; Escola Municipal Professor Arnaldo Monteiro Rua Aracitaba, 2993, Neópolis; Escola Estadual Edgar Barbosa Av. Miguel Castro, Lagoa Nova; Escola Municipal Antônio Severiano Av. Ouro Preto, 2754, Neópolis; Escola Muncipal Professor Ulisses de Góis Rua Padre Raimundo Brasil, Nova Descoberta; Escola Municipal São José R. Manoel Coringa de Lemos, 423, Vila de Ponta Negra; Escola Municipal Professora Tereza Satsuqui Aoqui de Carvalho Rua Serra da Jurema, s/n, Pitimbú.

 

ZONA LESTE (ZONAS ELEITORAIS 1ª e 2ª seções):

Escola Municipal Antônio Campos R. João XXIII, 263, Mãe Luiza; Escola Municipal Santos Reis Rua Décio Fonseca, s/n, Santos Reis; Escola Estadual Professor Anísio Teixeira R. Trairi, 480, Tirol; Escola Estadual Sebastião Fernandes R. Alberto Maranhão, Tirol; Escola Municipal Juvenal Lamartine Tv. Presidente Sarmento, 1156, Alecrim; Instituto Padre Miguelinho Rua Fonseca e Silva, 1103, Alecrim.

 

ZONA OESTE (Zonas Eleitorais 2ª e 4ª seções):

Escola Municipal Ferreira Itajubá R. dos Pegas, s/n, Quintas; Escola Municipal Chico Santeiro R. da Cruz, Bairro Nordeste; Escola Municipal Professor Zuza Av. Miguel Castro, Nossa Senhora de Nazaré; Escola Municipal Professora Francisca Ferreira da Silva Av. Industrial João Francisco da Mota, 3804, Bom Pastor; Escola Municipal Professor Veríssimo de Melo R. Rainha do Mar, 1, Felipe Camarão; Escola Municipal Celestino Pimentel Av. Pernambuco, 145, Cidade da Esperança; Escola Municipal Estudante Emmanuel Bezerra R. Mira Mangue, Planalto; Escola Municipal Professor Francisco de Assis Varela Cavalcante Rua da Lagoa Nova, Guarapes; Escola Municipal Professora Emília Ramos R. Dantas Barreto, 419, Cidade Nova.

 





Comentários



O reconhecimento do Centro Universitário do Rio Grande do Norte chegou por meio do 1º lugar na região Nordeste e 4º do Brasil no UI GreenMetric Ranking 2019, promovido pela Universidade da Indonésia. Nesta edição, foram avaliadas 719 instituições de 81 países diferentes.

Desde 2010, a Universidade da Indonésia desenvolve um ranking com instituições universitárias destaques em sustentabilidade no mundo. A iniciativa ocorreu devido à falta de reconhecimento àqueles que estavam se esforçando para reduzir sua pegada de carbono e ajudar a combater a mudança climática global. Entre os quesitos analisados para definir a pontuação, estão questões de infraestrutura, como a relação entre área aberta e total, o uso consciente e eficiente da água, eficiência energética.

O UNI-RN vem explorando, em suas ações de sustentabilidade, o potencial da energia eólica no Rio Grande do Norte. O Centro Universitário tem investido no ensino voltado para esse ramo de produção energética limpa e na realização de parcerias com empresas de geração de energia eólica para o desenvolvimento de pesquisas.

Atualmente estão sendo desenvolvidos no UNI-RN os projetos de horta orgânica e compostagem, automatização da horta, reaproveitamento de água de fontes alternativas (chuva e ar-condicionado), protótipos de energia eólica e solar, o descarte correto de resíduos sólidos e lixo eletrônico, além da Casa Ecológica instalada no nosso bambuzal.





Comentários

Casa do Menor Trabalhador Promove Ação Social Vicentina


 

A exemplo de São Vicente de Paulo, padroeiro das obras de caridade, a Casa do Menor Trabalhador lança pela segunda vez, um dia com atendimentos voltados aos mais necessitados.

Em comemoração ao dia de São Vicente a Casa do Menor Trabalhador abrirá as portas para uma ação social destinada a toda comunidade potiguar. A ação será sábado (28) de setembro, de 8h às 12h e irá ofertar orientação jurídica, confecção de currículos, corte de cabelo, unha, orientação de higiene bucal e aplicação de flúor.

Bem como cuidados relacionados à saúde como aferição de pressão arterial, teste glicêmico, orientações físicas e nutricionais e com o grande diferencial de que, enquanto os pais são atendidos haverá dois espaços voltados para recreação dos filhos.

A exemplo de São Vicente que dedicou sua vida aos pobres, à Casa abrirá as portas para acolher as pessoas que necessitam de atenção e orientações. Nosso objetivo é prestar um serviço de qualidade a todos que buscarem atendimento, sem nenhum tipo de distinção. A Casa do Menor Trabalhador como uma instituição há mais de 30 anos voltada para educação e assistência social, tem orgulho em abrir suas portas com coração aberto para acolher quem necessita.

 

Quem? Casa do Menor Trabalhador

O que? Ação Social.

Quando? 28/09/2019 de 8 às 12h

Onde? Rua: Presidente José Bento, 927, Alecrim - Natal.


Tweet



Comentários

CONVITE; Casa do Menor Trabalhador Promove Ação Social Vicentina


 

A exemplo de São Vicente de Paulo, padroeiro das obras de caridade, a Casa do Menor Trabalhador lança pela segunda vez, um dia com atendimentos voltados aos mais necessitados.

Em comemoração ao dia de São Vicente a Casa do Menor Trabalhador abrirá as portas para uma ação social destinada a toda comunidade potiguar. A ação será sábado (28) de setembro, de 8h às 12h e irá ofertar orientação jurídica, confecção de currículos, corte de cabelo, unha, orientação de higiene bucal e aplicação de flúor.

Bem como cuidados relacionados à saúde como aferição de pressão arterial, teste glicêmico, orientações físicas e nutricionais e com o grande diferencial de que, enquanto os pais são atendidos haverá dois espaços voltados para recreação dos filhos.

A exemplo de São Vicente que dedicou sua vida aos pobres, à Casa abrirá as portas para acolher as pessoas que necessitam de atenção e orientações. Nosso objetivo é prestar um serviço de qualidade a todos que buscarem atendimento, sem nenhum tipo de distinção. A Casa do Menor Trabalhador como uma instituição há mais de 30 anos voltada para educação e assistência social, tem orgulho em abrir suas portas com coração aberto para acolher quem necessita.

 

Quem? Casa do Menor Trabalhador

O que? Ação Social.

Quando? 28/09/2019 de 8 às 12h

Onde? Rua: Presidente José Bento, 927, Alecrim - Natal.


Tweet



Comentários

Trabalhadores dos Correios suspendem paralisação, mas mantém estado de greve


Foto Tomaz Silva Agência Brasil

Na terça-feira (17), os trabalhadores dos Correios do RN decidiram suspender a paralisação, iniciada no dia 11 de setembro. Nas assembleias, realizadas em Natal, Mossoró e Caicó, também foi definida a manutenção do estado de greve até o julgamento do dissídio coletivo ou assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho. Dessa forma, novas mobilizações podem ocorrer se a Empresa avançar nas negociações.

 

Direitos

 

Até o início do movimento grevista, a direção da Estatal não havia demonstrado abertura ao diálogo sobre o Acordo Coletivo de Trabalho, rejeitando, inclusive, a mediação do Tribunal Superior do Trabalho. A postura intransigente foi recuada ainda no primeiro dia de paralisação, quando a ECT solicitou uma audiência ao Tribunal para tratar do dissídio, a qual ocorreu no dia 12.

As propostas apresentadas em Brasília, que incluíram a prorrogação do atual Acordo Coletivo de Trabalho até o dia 02 de outubro, foram levadas para avaliação em cada estado e, por fim, a categoria aceitou a suspensão da greve. Ao final do prazo indicado, deverá haver uma nova decisão por parte da Empresa e dos trabalhadores, que poderão iniciar novas movimentações nacionais.

 

Privatização

 

A luta da categoria não se dá por esgotada, especialmente em decorrência da ainda vigente ameaça de privatização dos Correios. Esta segue como uma das principais bandeiras de resistência dos ecetistas em todo país.

 


Tweet



Comentários

Shopping Cidade Jardim participa da Semana Nacional de Trânsito



A Semana Nacional de Trânsito faz parte da programação do Setembro Cidadão, projeto de iniciativa do PROBEC (Programa Brasileiro de Educação Cidadã) para promoção da educação e da cidadania em todo o estado. Do dia 18 a 25 deste mês, ações de conscientização no trânsito estarão acontecendo em diversos pontos da cidade, e, no dia 20 de setembro (sexta-feira), a partir das 18h, haverá no mall uma intervenção especial, com distribuição de brindes, teatro, entre outras programações.

Dentro do Setembro Cidadão, outras ações também estão acontecendo no shopping em função do desenvolvimento da campanha. Além da doação de sangue já marcada para toda segunda quarta-feira de cada mês, o mall também está em uma parceria com a Cruz Vermelha Brasileira para arrecadar doações de brinquedos em uma ação solidária em prol do dia das crianças.

Amélia Dutra, gerente de marketing do shopping, conta que o projeto de cidadania é uma proposta que condiz com os princípios do Cidade Jardim, enquanto uma instituição que se preocupa com o envolvimento cívico e social. "Aderimos ao Setembro Cidadão como mais uma forma de incentivar práticas de responsabilidade social e solidariedade", explica.

 


Tweet



Comentários

Câmara convoca sessão extraordinária para debater revisão do Plano Diretor de Natal




O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Paulinho Freire (PSDB), convocou uma sessão extraordinária para a próxima quinta-feira (19), a partir das 13h45, para que o Poder Executivo preste informações sobre o processo de elaboração do novo Plano Diretor de Natal, a fim de atualizar os parlamentares e a população sobre os principais pontos acerca da revisão do instrumento e a previsão da chegada dele à Câmara para apreciação e votação.

"Vamos debater com a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo sobre o andamento do Plano Diretor, que ainda não chegou à Casa. Sabemos que o Executivo tem que cumprir várias etapas até que o Grupo Gestor possa finalizar a redação e enviar o Plano ao Legislativo, mas queremos discutir e informar à sociedade sobre como anda todo o processo", explicou o presidente Paulinho Freire.

"Desta forma, convidamos os natalenses a participarem da sessão extraordinária, bem como do fórum de debates que vamos abrir a partir do mês de outubro com profissionais renomados da cidade, autoridades e demais atores sociais que querem contribuir para a elaboração do Plano Diretor de Natal", concluiu.

 


Tweet



Comentários

"Minha Vida em Marte", de Mônica Martelli, chega a Natal


Após levar mais de 200 mil espectadores ao teatro e ganhar versão cinematográfica que conquistou mais de 5 milhões de espectadores, Minha Vida em Marte, a continuação da história de Fernanda, tem apresentação confirmada em Natal

A comédia Minha Vida em Marte, de Mônica Martelli, chega em Natal no dia 20 de outubro, para única apresentação, no Teatro Riachuelo. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos através do site uhuu.com ou na bilheteria do Teatro. Com a sua peça, Mônica que já conquistou um público impressionante: são 200 mil espectadores desde sua estreia, em maio de 2017, no Rio de Janeiro. De lá para cá, a obra recebeu cinco indicações a prêmios e passou por diversas cidades, sempre com sessões esgotadas. Além disso, a peça inspirou o filme Minha Vida em Marte, que levou mais de 5 milhões de espectadores aos cinemas, o que a faz detentora da maior bilheteria nacional dos últimos anos - assim como no teatro e na televisão, Mônica também foi dirigida por sua irmã, Susana Garcia, celebrando, mais uma vez, o sucesso da parceria.

Minha Vida em Marte é a continuação da saga de Fernanda, personagem que surgiu pela primeira vez no teatro em 2005, quando Mônica Martelli lançou a comédia Os Homens São de Marte... E é pra Lá que eu Vou, sem imaginar o sucesso que a peça, protagonizada e escrita por ela, alcançaria. Fernanda, a personagem que ela criou para falar de amor e discutir o empoderamento feminino muito antes da expressão ter a importância que tem hoje, mudou a vida de Monica. A autora, então com 36 anos, viu o espetáculo tornar-se um sucesso sem precedentes ao alcançar mais de 2,5 milhões de espectadores e dar origem a um filme homônimo - que arrastou mais de 2 milhões pessoas para os cinemas - e a uma série televisiva com o mesmo título que vai para a sua quinta temporada no GNT, sendo uma das maiores audiências do canal.

Doze anos depois Mônica repete o sucesso de sua peça precursora. Dirigida pela irmã Susana Garcia, Minha Vida em Marte traz de volta Fernanda, agora com 45 anos, à procura de respostas para a sobrevivência conjugal. "Demorei para fazer esta peça porque sei que só é possível falar com propriedade sobre um assunto quando se consegue olhar para ele com distanciamento", resume a autora que, tal qual sua personagem, conhece a fundo a dor da separação. Tendo como suporte suas próprias experiências, Monica leva ao teatro um monólogo bem-humorado que aproxima através do riso e leva homens e mulheres à reflexão. E assim a atriz se confirma como uma das autoras brasileiras que melhor traduzem o comportamento feminino moderno.

O enredo de Minha Vida em Marte

Em Os Homens São de Marte... Fernanda estava em busca do amor. Minha Vida em Marte traz agora a personagem já casada há oito anos com Tom com quem ela teve uma menina de 5 anos, Joana. Este é o pano de fundo para a protagonista se questionar na terapia de grupo. É nas sessões de análise que ela narra e vivencia deliciosamente as alegrias e os muitos problemas do seu casamento. Ali, ela expõe assuntos íntimos como a intolerância no casamento, a falta de tesão, as tentativas de "trabalhar a relação" e percebe que nas relações estagnadas, adia-se o afeto e acumulam-se mágoas. "É muito comum no casamento que a gente deixe para amanhã a ternura, o sexo e a tolerância. E quando percebemos isso, a família que tanto sonhamos já está por um fio", revela Mônica sobre o destino de Fernanda.

Fernanda será capaz de superar a crise ou será preciso se separar? Vale a pena enfrentar a solidão? A comédia toca ainda em temas como traição, machismo, trabalho duplo da mulher e educação dos filhos. Minha Vida em Marte é um texto libertador que foi escrito sob a premissa de que ser feliz é fundamental.

Sobre Mônica Martelli

A atriz carioca é a criadora e intérprete de Os Homens São de Marte... E é pra Lá que eu Vou, montagem que durante 12 anos foi vista por mais de 2,5 milhões de espectadores, passou por 40 cidades em 20 estados brasileiros - além de Portugal - e tornou-se um dos mais longevos sucessos de público do gênero no país. O monólogo foi um verdadeiro fenômeno teatral e deu origem a uma série que vai para a sua quinta temporada no canal GNT. E a um filme, codirigido também por Susana Garcia e que levou aos cinemas dois milhões de pessoas em 2014. Em 2018, estreou sua versão cinematográfica de Minha Vida em Marte junto dos atores Paulo Gustavo e Marcos Palmeira, cravando um novo sucesso: são mais de 5 milhões de espectadores e a maior bilheteria para um filme nacional nos últimos anos.

Mônica é vista ainda, há seis anos, como uma das apresentadoras do programa Saia Justa, no canal GNT. Participou de novelas globais como Beleza Pura e TITITI, integrou o elenco do seriado Mandrake, da HBO, e de filmes como Trair e Coçar e Só Começar, entre outros.

Susana Garcia, a diretora

Susana Garcia é a diretora do espetáculo e do recente filme Minha Vida em Marte, além de ser também irmã de Monica Martelli. Essa parceria profissional começou na codireção do filme Os Homens São de Marte..., continuou durante as quatro temporadas da série do GNT que Susana dirigiu e que agora completa um ciclo artístico no teatro e no cinema. Sua carreira teve início como codiretora no espetáculo La Barca d'América. Logo depois seria ovacionada e premiada em sua estreia na direção, ao lado do marido Herson Capri, em Eu Sou Minha Própria Mulher - a dobradinha de sucesso seria repetida com Capri no infantil A Casa da Madrinha. Sua assinatura está ainda em outros trabalhos como Conversando Com Mamãe, Querida Mamãe e A Fada Que Tinha Ideias.

 

Ficha Técnica

Texto e interpretação de Mônica Martelli

Direção de Susana Garcia

Cenografia de Flávio Graff

Figurino de Marcella Virzi

Iluminação de Maneco Quinderé

Direção de Movimento de Marcia Rubin

Direção de produção de Herson Capri

Produção de Capri Produções

Produção Executiva Deborah Aguiar

 

MINHA VIDA EM MARTE

Domingo, 20 de outubro, às 20h


Duração: 70min
Classificação: Livre

Teatro Riachuelo (Avenida Bernardo Vieira, 3.775 - piso L3 do Shopping Midway Mall - Tirol)
www.teatroriachuelonatal.com.br

 

Setor

Valor

Meia-Entrada

1º Lote - Plateia A

R$140,00

R$70,00

1º Lote - Plateia B

R$120,00

R$60,00

1º Lote - Camarote

R$120,00

R$60,00

1º Lote - Frisas

R$100,00

R$50,00

1º Lote - Balcão Nobre

R$90,00

R$45,00

 

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo.

***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Norte:

- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

- ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br

- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

- PROFESSORES DA REDE PÚBLICA E PARTICULAR DE ENSINO mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação de Natal ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

- ACOMPANHANTES DE CADEIRANTES (quando necessário).

- DOADORES REGULARES DE SANGUE são considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue dos hospitais do município de Natal.

**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Bilheteria do Teatro: Shopping Midway Mall - Av. Bernardo Vieira 3775 - piso L3 (terça a sábado, das 12h às 21h, domingo e feriado, das 14h às 20h)

Site: www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

 


Tweet



Comentários

"Minha Vida em Marte", de Mônica Martelli, chega a Natal


Após levar mais de 200 mil espectadores ao teatro e ganhar versão cinematográfica que conquistou mais de 5 milhões de espectadores, Minha Vida em Marte, a continuação da história de Fernanda, tem apresentação confirmada em Natal

A comédia Minha Vida em Marte, de Mônica Martelli, chega em Natal no dia 20 de outubro, para única apresentação, no Teatro Riachuelo. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos através do site uhuu.com ou na bilheteria do Teatro. Com a sua peça, Mônica que já conquistou um público impressionante: são 200 mil espectadores desde sua estreia, em maio de 2017, no Rio de Janeiro. De lá para cá, a obra recebeu cinco indicações a prêmios e passou por diversas cidades, sempre com sessões esgotadas. Além disso, a peça inspirou o filme Minha Vida em Marte, que levou mais de 5 milhões de espectadores aos cinemas, o que a faz detentora da maior bilheteria nacional dos últimos anos - assim como no teatro e na televisão, Mônica também foi dirigida por sua irmã, Susana Garcia, celebrando, mais uma vez, o sucesso da parceria.

Minha Vida em Marte é a continuação da saga de Fernanda, personagem que surgiu pela primeira vez no teatro em 2005, quando Mônica Martelli lançou a comédia Os Homens São de Marte... E é pra Lá que eu Vou, sem imaginar o sucesso que a peça, protagonizada e escrita por ela, alcançaria. Fernanda, a personagem que ela criou para falar de amor e discutir o empoderamento feminino muito antes da expressão ter a importância que tem hoje, mudou a vida de Monica. A autora, então com 36 anos, viu o espetáculo tornar-se um sucesso sem precedentes ao alcançar mais de 2,5 milhões de espectadores e dar origem a um filme homônimo - que arrastou mais de 2 milhões pessoas para os cinemas - e a uma série televisiva com o mesmo título que vai para a sua quinta temporada no GNT, sendo uma das maiores audiências do canal.

Doze anos depois Mônica repete o sucesso de sua peça precursora. Dirigida pela irmã Susana Garcia, Minha Vida em Marte traz de volta Fernanda, agora com 45 anos, à procura de respostas para a sobrevivência conjugal. "Demorei para fazer esta peça porque sei que só é possível falar com propriedade sobre um assunto quando se consegue olhar para ele com distanciamento", resume a autora que, tal qual sua personagem, conhece a fundo a dor da separação. Tendo como suporte suas próprias experiências, Monica leva ao teatro um monólogo bem-humorado que aproxima através do riso e leva homens e mulheres à reflexão. E assim a atriz se confirma como uma das autoras brasileiras que melhor traduzem o comportamento feminino moderno.

O enredo de Minha Vida em Marte

Em Os Homens São de Marte... Fernanda estava em busca do amor. Minha Vida em Marte traz agora a personagem já casada há oito anos com Tom com quem ela teve uma menina de 5 anos, Joana. Este é o pano de fundo para a protagonista se questionar na terapia de grupo. É nas sessões de análise que ela narra e vivencia deliciosamente as alegrias e os muitos problemas do seu casamento. Ali, ela expõe assuntos íntimos como a intolerância no casamento, a falta de tesão, as tentativas de "trabalhar a relação" e percebe que nas relações estagnadas, adia-se o afeto e acumulam-se mágoas. "É muito comum no casamento que a gente deixe para amanhã a ternura, o sexo e a tolerância. E quando percebemos isso, a família que tanto sonhamos já está por um fio", revela Mônica sobre o destino de Fernanda.

Fernanda será capaz de superar a crise ou será preciso se separar? Vale a pena enfrentar a solidão? A comédia toca ainda em temas como traição, machismo, trabalho duplo da mulher e educação dos filhos. Minha Vida em Marte é um texto libertador que foi escrito sob a premissa de que ser feliz é fundamental.

Sobre Mônica Martelli

A atriz carioca é a criadora e intérprete de Os Homens São de Marte... E é pra Lá que eu Vou, montagem que durante 12 anos foi vista por mais de 2,5 milhões de espectadores, passou por 40 cidades em 20 estados brasileiros - além de Portugal - e tornou-se um dos mais longevos sucessos de público do gênero no país. O monólogo foi um verdadeiro fenômeno teatral e deu origem a uma série que vai para a sua quinta temporada no canal GNT. E a um filme, codirigido também por Susana Garcia e que levou aos cinemas dois milhões de pessoas em 2014. Em 2018, estreou sua versão cinematográfica de Minha Vida em Marte junto dos atores Paulo Gustavo e Marcos Palmeira, cravando um novo sucesso: são mais de 5 milhões de espectadores e a maior bilheteria para um filme nacional nos últimos anos.

Mônica é vista ainda, há seis anos, como uma das apresentadoras do programa Saia Justa, no canal GNT. Participou de novelas globais como Beleza Pura e TITITI, integrou o elenco do seriado Mandrake, da HBO, e de filmes como Trair e Coçar e Só Começar, entre outros.

Susana Garcia, a diretora

Susana Garcia é a diretora do espetáculo e do recente filme Minha Vida em Marte, além de ser também irmã de Monica Martelli. Essa parceria profissional começou na codireção do filme Os Homens São de Marte..., continuou durante as quatro temporadas da série do GNT que Susana dirigiu e que agora completa um ciclo artístico no teatro e no cinema. Sua carreira teve início como codiretora no espetáculo La Barca d'América. Logo depois seria ovacionada e premiada em sua estreia na direção, ao lado do marido Herson Capri, em Eu Sou Minha Própria Mulher - a dobradinha de sucesso seria repetida com Capri no infantil A Casa da Madrinha. Sua assinatura está ainda em outros trabalhos como Conversando Com Mamãe, Querida Mamãe e A Fada Que Tinha Ideias.

 

Ficha Técnica

Texto e interpretação de Mônica Martelli

Direção de Susana Garcia

Cenografia de Flávio Graff

Figurino de Marcella Virzi

Iluminação de Maneco Quinderé

Direção de Movimento de Marcia Rubin

Direção de produção de Herson Capri

Produção de Capri Produções

Produção Executiva Deborah Aguiar

 

MINHA VIDA EM MARTE

Domingo, 20 de outubro, às 20h


Duração: 70min
Classificação: Livre

Teatro Riachuelo (Avenida Bernardo Vieira, 3.775 - piso L3 do Shopping Midway Mall - Tirol)
www.teatroriachuelonatal.com.br

 

Setor

Valor

Meia-Entrada

1º Lote - Plateia A

R$140,00

R$70,00

1º Lote - Plateia B

R$120,00

R$60,00

1º Lote - Camarote

R$120,00

R$60,00

1º Lote - Frisas

R$100,00

R$50,00

1º Lote - Balcão Nobre

R$90,00

R$45,00

 

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo.

***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Norte:

- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

- ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br

- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

- PROFESSORES DA REDE PÚBLICA E PARTICULAR DE ENSINO mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação de Natal ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

- ACOMPANHANTES DE CADEIRANTES (quando necessário).

- DOADORES REGULARES DE SANGUE são considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue dos hospitais do município de Natal.

**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Bilheteria do Teatro: Shopping Midway Mall - Av. Bernardo Vieira 3775 - piso L3 (terça a sábado, das 12h às 21h, domingo e feriado, das 14h às 20h)

Site: www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

 

 


Tweet



Comentários