NOTÍCIAS




A polícia prendeu na tarde de domingo (26) dois jovens acusados de atirar contra torcedores do América Futebol Clube, em via pública, nas proximidades do estádio Arena das Dunas. Ninguém se feriu. Os presos foram identificados como sendo João Batista Moura Filho e Arthur Martins de Souza, ambos de 21 anos. O crime aconteceu ontem por volta das 14 horas, quando os acusados passavam num Gol de cor branca e efetuaram cerca de dez disparos contra os torcedores, em seguida se evadiram do local. Nenhum torcedor foi atingido. Testemunhas anotaram a placa do veículo e acionaram a polícia. Policiais militares da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM) abordaram a dupla nas proximidades da Igreja Universal, localizada na Avenida Senador Salgado Filho, e deram voz de prisão. Eles foram encaminhados para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, onde foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio. As armas usadas pelos acusados, sendo um revólver calibre 38 e uma pistola calibre .380 foram jogadas em cima de um telhado de uma academia nas proximidades do crime, sendo apreendidas pela polícia em seguida. Segundo as investigações da Polícia Civil, eles não fazem parte de torcida organizada, no entanto, foi encontrado uma camisa do ABC Futebol Clube dentro do carro deles. Os dois confessaram ter atirado contra os torcedores, mas não revelaram a origem das armas. Em depoimento, a dupla alegou que havia sido provocada pelas vítimas, que teriam jogado uma pedra contra o veículo deles. Um dos acusados já tem passagem pela polícia por crime de lesão corporal. A dupla permanece presa aguardando decisão da Justiça.





Comentários