NOTÍCIAS




Maik Ferreira e Lucila Vianna, do handebol, e Rogério Klafke, do basquete, trocam experiência com o futuro do esporte brasileiro O time de embaixadores dos Jogos Escolares da Juventude Natal 2013, etapa para jovens com idade entre 12 e 14 anos, ganhou o reforço de atletas das modalidades coletivas. Despois do fim das competições individuais, o melhor goleiro de handebol do último Super Globe, o Mundial de Clubes Masculino, Maik Ferreira dos Santos, e a ex-capitã da Seleção Brasileira de handebol, Lucila Vianna da Silva, acompanharão os jovens atletas até o final do evento. Quem também faz parte desse grupo é o ex-jogador olímpico de basquete Rogério Klafke, que chega à capital potiguar nesta quinta-feira, dia 12. Cada edição dos Jogos Escolares da Juventude tem um time de craques olímpicos e pan-americanos, que compartilha com os jovens a experiência conquistada através do esporte. O casal Maik Ferreira e Lucila Vianna já visitou o Centro de Convivência e alguns ginásios com o objetivo de trocar experiências com os alunos-atletas não só de handebol, mas também de basquete, futsal e voleibol. “Essa é a chance que a gente tem de estreitar um pouco a distância que existe entre o jogador da Seleção com os fãs e praticantes do esporte. Ter a oportunidade de ter seu ídolo assistindo ao seu jogo é motivador. Sem dúvida, é um incentivo para esses jovens”, disse Maik Ferreira. O goleiro, que defendeu a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos Pequim 2008, começou no esporte por incentivo do irmão Marcão, também ex-goleiro do Brasil. “Em uma competição, meu irmão, que jogava na linha, precisou substituir o goleiro. A comemoração de cada defesa dele parecia a festa por um gol marcado. Fiquei empolgado e disse que queria sentir o mesmo que meu irmão sentia em quadra”, explica. A família de Maik Ferreira parece ter nascido para jogar handebol. Além de Marcão, os irmãos Vanessa e Paulinho também seguiram o esporte. E não apenas isso: a filha de Maik, Giulia, 15 anos, também joga. Foi graças à modalidade, há nove anos, que o goleiro conheceu sua esposa, a ex-capitã da Seleção Brasileira e tricampeã pan-americana (Winnipeg 1999, Santo Domingo 2003 e Rio de Janeiro 2007), Lucila Vianna. “Eu me enxergo neles porque comecei na escola. Acredito que o sonho dessas crianças está mais próximo da realização do que o nosso pelas oportunidades que eles estão tendo. Eu nunca tive essa chance de disputar uma competição com essa visibilidade quando era estudante. A gente corria, se matava, esperava chegar numa idade para poder ser vista pelo técnico da Seleção. E essas meninas com 12 anos, por exemplo, estão sendo observadas, cotadas e analisadas. Então, eu me coloco no lugar delas como uma oportunidade que não se pode perder”, afirma Lucila. Durante os torneios das modalidades individuais, entre 5 e 8 de setembro, os embaixadores do maior evento esportivo escolar do país foram Vicente Lenilson (atletismo), Angélica Kvieczynski (ginástica rítmica), Antoine Jaoude (luta), Antonio Carlos Moreno (voleibol), Daniel Paiola (badminton), Fabiola Molina (natação), Lucila Viana da Silva (handebol), Maik Ferreira dos Santos (handebol), Mariany Mayumi Nonaka (tênis de mesa), Mayra Aguiar da Silva (judô) e Renato Rezende (ciclismo). O objetivo desses ídolos é contribuir para a formação dos estudantes, dentro e fora das pistas, piscinas e quadras. Os Jogos Escolares da Juventude Natal 2013 são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro, correalizados por Ministério do Esporte e Organizações Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Prefeitura Municipal de Natal. Fotos: http://imprensa.cob.org.br/





Comentários