NOTÍCIAS




Sindicato convoca categoria para assembléia geral na próxima quarta A diretoria do SINPOL/RN está convocando toda a categoria para Assembleia Extraordinária a realizar-se dia 20 de março (quarta), às 18h, no auditório do sindicato em Natal, em razão da insatisfação diante das últimas medidas adotadas pelo Governo. Veja a nota enviada à categoria. A LUTA CONTRA A MAZELA CONTINUA A diretoria do SINPOL CONVOCA todos os Policiais Civis para lutar contra o RETORNO de presos nas Delegacias. Nos últimos dias, o SINPOL/RN passou a receber denúncias dando conta que presos estariam ilegalmente se amontoando na única cela da DP de Plantão Zona Norte. A situação volta a ser preocupante, sobretudo, com o eminente risco de se propagar a ilegalidade por outras unidades policiais. Diante disto, a diretoria do SINPOL vem diuturnamente trabalhando e orientando aos policiais para que em hipótese alguma aceite novamente a custódia de presos. Para tal, a diretoria desta entidade sindical está convocando toda a categoria para grande Assembleia Extraordinária a realizar-se dia 20 de março (quarta), às18h no auditório do SINPOL em Natal. É um absurdo que mesmo depois de dez anos de luta da categoria, de decisão judicial proibindo a custódia de presos por policiais civis e, sobretudo, com um acordo assinado com o Governo garantindo a retirada dos presos das DP’s, que ainda persista essa imoralidade. Quando se pensava que estava tudo resolvido com relação ao desvio de função da Polícia Civil em Natal e interior, surge novamente o fantasma da ilegalidade de presos nas Delegacias de Polícia, tudo porque os nossos gestores não se dão ao respeito, nem procuram zelar pela Instituição. Ao contrário do discurso dos gestores, temos problemas com presos nas Delegacias de Caicó, Macau e Canguaretama. É inadmissível que a direção da Polícia Civil continue atuando de forma pusilânime aceitando a ilegalidade sem se pronunciar de forma contundente contra essa aberração, impondo aos policiais civis o desvio de função, como ocorre em nesses municípios. Dessa forma, já são 13 presos na carceragem do Plantão da Zona Norte e se não houver um basta, a situação tende a se agravar sem que ninguém tome uma providência para coibir a ilegalidade, salvo o Sindicato e Ministério Público. No que diz respeito as responsabilidades da custódia de presos, a Polícia Civil já perdeu o que tinha que perder e os policiais já sofreram o que tinham de sofrer! Não queremos Cadeião, Núcleo de Custódia ou, seja lá, o nome que queiram dar. Não é responsabilidade nossa! Cabe agora a SEJUC e a Justiça Criminal assumirem de fato e de direito as suas responsabilidades nessa questão. Os policiais civis não voltarão a custodiar presos, nem permitirão que eles retornem para as Delegacias de Polícia. BASTA, DELEGACIA NÃO É CADEIA! Portanto, o SINPOL está mobilizando a categoria, e é preciso que os policiais civis fiquem atentos e avisem ao Sindicato qualquer tentativa de retorno de presos para as delegacias. Não podemos permitir tamanho retrocesso. A volta das carceragens as delegacias não pode e nem deve acontecer em hipótese alguma. Infelizmente, quem deveria se impor para que esse tipo de ameaça nunca mais voltasse a acontecer eram os gestores da Polícia Civil, porém, na falta à categoria assume as rédeas da Instituição e corrige através da LUTA. Fiquem atentos COMPANHEIROS, porque se a coisa não se resolver, logo teremos que voltar a LUTAR, haja vista ser essa a única linguagem que o Governo entende!





Comentários