NOTÍCIAS




Atendendo a um pleito da governadora Rosalba Ciarlini, a Secretaria Nacional de Defesa Civil garantiu mais R$ 5 milhões para a ampliação do Programa de Forragem. O anúncio foi feito durante reunião do Comitê Estadual para Ações Emergenciais de Combate aos Efeitos da Seca realizada na terça-feira (22), na Governadoria. De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Gilberto Jales, os recursos já foram empenhados e a expectativa é de que sejam recebidos até a próxima semana. “Em função deste recurso, nós poderemos ampliar o Programa de Forragem, que funciona como uma ‘alimentação de socorro’ para o rebanho”, explica o titular da Semarh, acrescentando que o Estado faz a distribuição da forragem por meio da Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (Emater). Dentre as ações que estão sendo desenvolvidas para amenizar os danos causados pela severa estiagem, também foi abordada a prorrogação, por mais dois meses, dos programas Garantia Safra e Bolsa Estiagem, que estão garantindo fontes de renda para os agricultores. Com isso, os programas serão estendidos para os meses de março e abril. Durante a reunião do Comitê, o representante do Exército informou que, a partir do dia 1º de fevereiro, mais três municípios do Estado serão atendidos pela Operação Pipa Estadual. Os municípios que passarão a receber os benefícios serão Baraúna, Caiçara do Norte e Itajá. Com isso, o número de municípios potiguares abastecidos pela operação passará a ser de 106. A reunião do Comitê Estadual de Combate aos Efeitos da Seca teve também a presença do Coordenador Estadual de Defesa Civil, Ten. Cel. BM Acioli; do secretário interino da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), José Simplício de Holanda; do secretário de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara), Rodrigo Fernandes; além de representantes de entidades e dos agricultores e criadores, Exército e Defesa Civil Nacional. Fotos: Ivanízio Ramos





Comentários