NOTÍCIAS




O Diário Oficial do Município trás em sua edição deste sábado (19) um decreto do prefeito Carlos Eduardo com novas normas para o tratamento das dívidas acumuladas pela Prefeitura do Natal até 2012, classificadas como restos a pagar. Com isso, será revogado o decreto assinado no último dia 28 de dezembro pelo então prefeito Ney Júnior, e que cancelou aproximadamente R$ 123 milhões, referentes a dívidas do município empenhadas (quando os valores são reservados no orçamento) e as liquidadas (quando a prestação de serviço é realizada faltando somente o pagamento). Esta foi uma das principais resoluções anunciadas pelo prefeito Carlos Eduardo durante a reunião com todo o seu Secretariado. A reunião foi realizada na tarde desta sexta-feira (18), no auditório da Secretaria Municipal de Administração e Gestão Estratégica (Segelm). O encontro foi promovido para que os secretários pudessem informar ao prefeito sobre os primeiros diagnósticos sobre suas ações e apresentar os projetos que serão desenvolvidos a partir de agora. Carlos Eduardo abriu a reunião pedindo aos seus auxiliares integração e empenho na resolução dos problemas da cidade. Apesar do quadro de adversidade encontrado neste início de gestão em todos os setores do Município, o prefeito recomendou aos secretários que evitassem desperdiçar esforços em lamentos, e que os concentrassem na solução dos problemas. “Vamos olhar para a frente”, pregou ele. Carlos Eduardo também solicitou aos membros da sua equipe que busquem parcerias com outras instituições públicas e privadas para otimizar os resultados almejados. E antecipou que pretende repetir nesta gestão a prática adotada em suas administrações anteriores, de reunir-se com frequência com os secretários para fazer avaliações periódicas das ações e do desempenho da administração. Secretaria Municipal de Comunicação -(84) 3232.8858 "Natal em Obras" - http://www.natalemobras.com.br/





Comentários