NOTÍCIAS




Diante do risco de Natal sofrer uma epidemia de dengue já no primeiro semestre de 2013, o prefeito Carlos Eduardo reuniu-se na tarde de quinta (17) com o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), com os secretários do Gabinete Civil, de Saúde, Educação, Obras e Infraestrutura, Trabalho e Ação Social, Comunicação Social, com o diretor-presidente da Urbana e representante da Semsur para discutir estratégias integradas de combate ao Aedes aegypti. O prefeito Carlos Eduardo pediu aos secretários empenho e uma ação conjunta entre as secretarias para evitar a epidemia na cidade. Na reunião, foi proposta, e acatada, a criação de um Fórum de Discussões de Combate à Dengue, que se reunirá constantemente para atualização e adequação das ações. O secretário de Saúde, Cipriano Maia, disse que a sua pasta fará compras emergenciais para material de uso dos agentes de endemias. Todos os responsáveis pelas pastas convocadas se prontificaram a ajudar no trabalho de mobilização com a sociedade. Já ficou pré-agendada para o próximo dia 30 de janeiro uma segunda reunião, dessa vez com as secretarias já envolvidas. Também serão convidados a participar desse fórum órgãos do Governo do Estado, do governo federal, da Federação do Comércio e do Sistema “S” (Sesc, Senai e Senac). Em 2012, foram 12.529 casos notificados de dengue, tendo a Zona Leste como a área de maior incidência de focos do mosquito. Entre os bairros, os riscos estavam localizados em Igapó, Potengi e Nova Descoberta. O Ministério da Saúde recomenda a cobertura de trabalhos preventivos em 90% dos imóveis da cidade. Natal chegou apenas a 55,9%, agravando o quadro projetado na reunião. Fotos: João Maria Alves





Comentários