NOTÍCIAS




Diante das dificuldades financeiras e as recomendações de que os municípios evitem gastos com carnaval e festas públicas, o prefeito Roberto Germano (PMDB) discute com a equipe que vem lhe ajudando a montar o carnaval deste ano, algumas mudanças que garantam o sucesso do evento, conhecido por ser um dos melhores do Nordeste. As ideias vêm surgindo quase que diariamente, e vão desde uma participação mais ativa da iniciativa privada no Carnaval da Ilha, desde a criação de um circuito dos blocos alternativos, com mudanças no trajeto e horário de saída de cada um deles. Este ano, além do Magão e Treme-treme, Roberto disse ter tomado conhecimento que Militares de Recife estão com a intenção de formarem um terceiro bloco de rua. “O Magão poderia sair meia hora mais tarde, ficando mais tempo nas ruas. Com isso, o Treme-treme teria condições de encerrar seu percurso também mais tarde e dentro da própria Ilha. E se esse terceiro bloco formar, fecharia a noite. Quem sabe não daremos um novo formato ao carnaval. Ao invés de fixo na Ilha, ficaria circulando nas ruas, dentro de um corredor”, disse. Quanto a uma parceria com a iniciativa privada para exploração da Ilha de Santana no período da tarde, o prefeito disse que só tomará qualquer decisão neste sentido após conversar com o Ministério Público sobre as questões legais. “Não podemos ceder espaços para a iniciativa, sem consultar os trâmites legais com o Ministério Público. Os clubes estão quase todos fechados, só tem o Corintians. É suficiente o espaço? Tudo isso vamos discutir, inclusive a possibilidade de ceder um espaço na Ilha durante o dia para a iniciativa privada em troca de algum investimento para o restante do carnaval, inclusive à noite”, finalizou. Assessoria Roberto Germano





Comentários