NOTÍCIAS





Uma das metodologias adotadas pelo UNI-RN neste período de pandemia ocasionada pelo novo coronavírus teve aprovação de um grande número de alunos da Instituição.

O Plantão de Acolhimento, instituído de forma on-line a partir de 26 de março e conduzido pelos núcleos Didático Psicopedagógicos, coordenado pela professora Ana Cristina Camarão, e de Carreiras e Egressos, sob a coordenação da psicóloga Aline Dantas, foi bem avaliado por uma boa parte dos discentes.

A iniciativa contou, ainda, com o apoio da Reitoria e Pró-Reitorias da Instituição,das Clínicas Integradas do UNI-RN, coordenada pela doutora Romeica Rosado, do Núcleo de Extensão, coordenado pela professora Mariana Nunes, do Núcleo de Educação a Distância, coordenado pela professora Cristiane Clébia, das coordenações de curso e professores.

"A equipe me deu um suporte importante. Eu só tenho a agradecer e parabenizá-los pelo excelente trabalho", disse Ana Paula de Morais, aluna do 5º período do curso de Direito.

"Gosto bastante pela forma que é conduzida, com explanações dos profissionais e palestrantes, e ao mesmo tempo com a participação dos alunos nos debates. Trata-se da troca de pensamentos e aflições que permeiam a nossa vida atualmente, e ver que não estamos só. Não se trata de distanciamento social , e sim físico , mas aprendendo todos os dias , numa troca de saberes maravilhosa", opinou Waleria de Souza, aluna do 7º período do curso de Serviço Social.

Para Helena Maria de Sousa, aluna do 7º período do curso de Psicologia, "a proposta é extremamente interessante e oferece uma ferramenta para que os alunos possam estar inseridos num ambiente que se importa não só com a aprendizagem em si, mas, também, com o sujeito por trás disso."

O Plantão de Acolhimento tem por objetivo assegurar apoio ao aluno em meio ao distanciamento físico e ao isolamento social que vem ocorrendo desde o início da pandemia. Nestes quatro meses de atividades remotas foram muitos convidados e uma grande variedade de temas em debates.

"Queremos garantir ao nosso aluno o apoio para prosseguir, queremos dizer que ele não está sozinho para lidar com os conflitos que essa mudança repentina da nossa rotina vem causando", frisa Ana Cristina Camarão. Segundo a professora, até meados de junho, mais de 560 pessoas se conectaram ao Plantão de Acolhimento.

 





Comentários