NOTÍCIAS





Alunos dos cursos de Psicologia e Direito tiveram ontem (09/09) a primeira aula referente à participação deles nas ações de grupos reflexivos para homens e mulheres envolvidos em situação de violência doméstica.

A aula, no auditório B do bloco Terra 3, reuniu representantes do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), da Escola da Magistratura do RN (Esmarn) e docentes dos dois cursos do UNI-RN.

O convênio com o TJRN para que alunos de Psicologia e Direito atuem em grupos reflexivos de orientação a homens agressores foi assinado em 06 de agosto entre o UNI-RN e o órgão judiciário, por meio de acordo de cooperação técnica.

O reitor Daladier Pessoa Cunha Lima destacou a importância que essa parceria trará para uma formação acadêmica mais cidadã e participativa dos alunos de Psicologia e Direito do UNI-RN e para a sociedade.

O convênio é parte das estratégias dos programas Pazes (Programa de Apoio e Zelo aos Elos Sociofamiliares), com foco no combate à violência doméstica e seus reflexos nos vínculos familiares.

Fotos
Participaram desta primeira aula: reitor Daladier Pessoa Cunha Lima; o juiz de Direito Rosivaldo Toscano (titular da 2ª Vara Criminal do Distrito da Zona Norte de Natal); o juiz Deyvis Marques (Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar); Adriana Coura (coordenadora do curso de Psicologia), Elane Canuto (coordenadora da equipe multidisciplinar do 3º Juizado da Violência Doméstica), Sara Andrade (chefe da Divisão Pedagógica da Esmarn) e as professoras Rocelly Cunha e Maria Fernanda (Psicologia), além de servidoras do TJRN e da Esmarn.





Comentários