NOTÍCIAS





Uma vida inteira dedicada aos interesses comuns, marca a trajetória de vida pública da brava amiga e atuante Marilene Rodrigues Dantas, que se tivesse viva entre nos, hoje dia 18, completaria mais um ano de vida.

Marilene Rodrigues Dantas deixou a sua marca como uma mulher atuante, militante dos movimentos religiosos da cidade de Natal, integrou a comissão central responsável pela vinda do Papa João Paulo II à Natal, defensora incansável do meio ambiente, dedicada ao serviço público, ao bem comum e as causas sociais no Rio Grande do Norte, jamais temeu os desafios que os cargos assumidos lhe impunham.

Sua trajetória no serviço público foi iniciada como professora da UFRN, e em seguida, no Movimento de Integração e Orientação Social (Meios), pelos trabalhos de ação social que coordenou para socorro aos desabrigados pelas chuvas nas cidades de Santa Cruz e Campo Redondo, juntamente com toda equipe do, então, Governo Lavoisier Maia.

Na Secretaria do Trabalho e Bem Estar Social do Rio Grande do Norte (STBS, participou, em 1983, da equipe de auxiliares diretos da, então, secretária de Estado do Bem Estar Social, Wilma Maria de Faria, ocupando o cargo de coordenadora do Projeto Crescer, onde colaborou, de forma efetiva, para a recuperação e construção de casas populares em mais de 100 municípios em forma de mutirão, levando dignidade e condições de habitação a milhares de famílias que viviam em péssimas condições de moradia.

Na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), deixou um legado indelével, que a tornou conhecida nacionalmente e, em particular, reconhecida pelos natalenses, por seu pioneirismo em desenvolver projetos ligados ao meio ambiente que tornaram a cidade de Natal uma das mais belas cidades do país, destacando-se pelo ajardinamento de canteiros, praças, a entrada da cidade, com o majestoso pórtico dos Reis Magos na BR 101, a urbanização da avenida engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da zona sul da capital, o plantio de coqueiros ornamentais na Via Costeira, plantio de árvores frutíferas em toda zona norte de Natal, como jambeiros, mangueiras, tamarindeiros, entre outras, que melhoram, principalmente, a qualidade de vida dos moradores das áreas adjacentes. Mas podemos citar que a marca maior da prestação de serviço de Marilene Dantas à cidade de Natal, foi a decoração natalina, que conferiu à nossa capital o título de c idade luz do Nordeste.

Ainda na Semsur, sua marca ficou registrada quando implementou o projeto de urbanização do centro da cidade, com a recolocação dos ambulantes, reurbanizou as praias dos Artistas, Meio, Forte e Redinha e a avenida Itapetinga, na Zona Norte. Também foi responsável pelo início do projeto de padronização das feiras livres do Alecrim e das Rocas.

Para sorte dos natalenses, a ex-secretária Marilene Dantas, foi ousada e criativa na aplicação dos recursos públicos permitindo, assim, que obras e projetos importantes para o desenvolvimento da cidade como a construção da estrela dos Reis Magos localizada na entrada da BR 101, se constituíssem, hoje, em atrativo turístico e cartão postal da nossa capital.

Formada em Teologia e Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro-PUC, esta Patuense, natural do município de Patú (RN), trabalhou na Pastoral Universitária, foi professora aposentada do curso de Filosofia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e foi Coordenadora do Núcleo do Meios em Mossoró (RN).
Na Secretaria de Estado do Trabalho e Assistência Social do (STBS), exerceu as funções de coordenadora de Assistência e Programação Social e coordenadora do Projeto Crescer (habitação).
Na Fundação Dinarte Mariz, exerceu o cargo de diretora administrativa.
Na Prefeitura Municipal de Natal, exerceu por 15 anos o cargo de secretária municipal de Serviços Urbanos, à frente da Semsur, em três administrações municipais da capital num claro reflexo da competência que marcou a sua trajetória. Também presidiu a Companhia de Serviços Urbanos de Natal por seis meses. Por ultimo, exerceu o cargo de secretária executiva do Gabinete Civil do Governo do Estado do Rio Grande do Norte onde coordenou diversas ações comunitárias e acompanhamento de projetos do governo do estado. Sua ultima atividade pública foi a urbanização da nova via costeira de Natal , na implantação dos jardins centrais de toda avenida tornando a ainda mais humana e mais bonita.

Marilene Dantas recebeu o reconhecimento do poder público estadual por ter sido uma das mulheres homenageadas no governo da ex governadora Wilma de Faria por ocasião do Dia Internacional da Mulher - pela sua atuação de destaque frente aos diversos cargos públicos que ocupou.
Minha eterna e saudosa amiga Marilene, receba as nossas sinceras homenagens In Memoriam pela passagem de seu aniversário. Que Deus a cubra de flores como você nos cobria aqui na terra. Amém!
Do seu amigo, Ridalvo Felipe - Diretor Geral do Jornal O Público





Comentários