NOTÍCIAS





Priscila Matos, vencedora de festivais musicais na cidade, busca financiamento coletivo para novo trabalho.

Cantora, compositora e pianista, Priscila Matos, inicia financiamento coletivo para gravação de seu mais novo trabalho. O disco Nordeste Sangue e Coração faz um recorte da alma nordestina em meio às temáticas de força e resistência, e contempla gêneros consagrados como o forró, o coco e o ritmo da capoeira. Para gravar o disco, Priscila quer contar com apoiadores através de campanha no Catarse, plataforma de financiamento coletivo. As contribuições seguem valores a partir de R$15, e dão direito a recompensas diversas e criativas, que vão desde CD's da artista até ecobags, adesivos, bottons, video-aulas e pocket shows. A campanha de arrecadação começa no dia10 de janeiro e segue até o dia 26 de fevereiro. Para conhecer e apoiar a campanha, acesse o link https://www.catarse.me/priscila_matos_nordeste_sangue_e_coracao_b84c?ref=ctrse_explore_pgsearch&project_id=87918&project_user_id=201998

 

Priscila Matos

Já conhecida no cenário de festivais musicais da cidade, Priscila acumula dois títulos em 2016, de 2º lugar na categoria Música Instrumental com "Saltitante" e o 2º lugar na categoria música com letra com "Oxente, se oriente" ambos no FMBP, e o 5º lugar no festival Forró de Verdade em 2017 com a música Estação Iluminada. Sua trajetória na música se iniciou há 23 anos, porém de forma profissional, atua no cenário há 12 anos. Priscila é formada no curso técnico de piano da UFRN e atualmente realiza pesquisa de mestrado sobre Chiquinha Gonzaga. Em Natal já participou das bandas Base Livre e Seu Zé, e já dividiu o palco com a banda Macaxeira Jazz. Fora do estado, participou do Grupo de samba Corda Bamba e do grupo de choro Língua de Preto em Campinas e Mogi Mirim, em São Paulo. Em Capinas-SP, integrou ainda o Grupo de Samba "Pelas Tabelas" como pianista, e do grupo Torcendo o Dedo, grupo de samba formado por quarteto de clarinetas, como cantora. Na mesma cidade, participou também do grupo de Choro "Conjunto Subindo a Ladeira", onde gravou dois discos, um autoral do grupo e outro em homenagem a Chiquinha Gonzaga. Com este grupo Priscila excursionou pela Europa se apresentando nas cidades de Londres, Paris e Amsterdã. Compositora inquieta, lançou em 2015 seu primeiro CD solo e autoral "Futuro Traçado" onde canta suas memórias e vivências, e em 2019, resolve homenagear a alma nordestina no disco que pretende lançar através do financiamento coletivo.

 

Nordeste Sangue e Coração fala do orgulho que permeia a existência da região nordeste. Com composições de Priscila Matos e parceiros, o novo trabalho abraça a alma nordestina e faz relações com aspectos da vida da compositora, como sua relação com a capoeira, o mar e o forró. Totalmente inédito, o disco vai contar com os músicos Anchieta Menezes (violão de 7 cordas), Leo Braga (cavaquinho), David Silva (pandeiro), Raphael Bender e Leandro Claudino (percussões), e os sanfoneiros Reynaldo Júnior e Bruno Cirino. No time, entram também as especiais participações do sambista Marcos Souto, e do compositor Leão Neto. A direção musical é por conta de Eduardo Taufic.


Informações: https://www.catarse.me/priscila_matos_nordeste_sangue_e_coracao_b84c?ref=ctrse_explore_pgsearch&project_id=87918&project_user_id=201998

Instagram e Youtube: @Priscilamatosmusica

Facebook: @Priscila Matos


Contatos: (84) 9 88056686 Ianne Maria

(84) 9 86336461 Priscila Matos

 





Comentários