O PÚBLICO

NOTÍCIAS




"Hoje, neste palco onde núpcias e formaturas são comemoradas, celebramos o conhecimento. Aqui celebramos a consagração do conhecimento e dos saberes produzidos pelo e para o IFRN. " Assim o professor Márcio Azevedo, pró-reitor de Pesquisa e Inovação (Propi) saudou os presentes à cerimônia de lançamento de 18 títulos da Editora IFRN, evento organizado no Átrios Recepções. A Editora IFRN lançou 18 títulos na sexta, 8 de junho.
O evento, organizado pela Coordenação da Editora, que integra a equipe da Propi, reuniu obras produzidas por membros da comunidade acadêmica do Instituto e de outros autores e coautores, por meio de parcerias. Nomes como Pablo Capistrano, Leide Câmara e Diógenes da Cunha Lima figuram na lista. Os títulos trazem temas variados, versando desde as propriedades da jaca até diagramação de conteúdos para publicações em mídia digital e diversidade sexual. A produção editorial produzida está publicada em formato de livros impressos ou e-book.
Lançamento Editora IFRN (6).JPG
O evento

Com a presença de servidores docentes e técnico-administrativos, terceirizados e estagiários, além de políticos, empresários, familiares e convidados dos autores, o lançamento civil reuniu-se de aproximadamente 300 pessoas em uma celebração à cultura. O cerimonial oficial do evento contou com falas de autores do IFRN, como o professor Maria, que lançou dois volumes, do escritor Diógenes da Cunha Lima, de Cláudia Santa Rosa, secretária estadual de Educação, do professor Márcio Azevedo e do reitor do Instituto, Wyllys Tabosa, que louvou as ações da coordenação da editora IFRN: "que vem marcando espaço no cenário cultural potiguar". Alunos do Curso Técnico de Nível Médio em Eventos, oferecido pelo Campus Canguaretama, foram os recepcionistas do lançamento e estavam sob a supervisão de Darlyne Fontes, professora do curso e Coordenadora da Editora IFRN.

Após os discursos, seguiu-se a entrega de homenagens ao conselho editorial. Na sequência, os autores autografaram os livros, distribuídos entre os interessados. A atração cultural foi comandada pela prata da casa: a banda Sem Retorno e o Grupo Andaluz de Teatro, ambos do Campus Mossoró do IFRN fizeram sua apresentação. A banda tocou pop, MPB e outros estilos como rock nacional; as canções foram executadas entre citações de poesia produzidas pelos próprios alunos do campus.
Lançamento Editora IFRN (9).JPG
Parceria

"Eu, que já vi muita coisa publicada, digo que a editoração feita por este Instituto é uma das melhores do país". As palavras de exaltação abriram os comentários do poeta Diógenes da Cunha Lima sobre a parceria mantida entre o IFRN e a Academia Norte-rio-grandense de Letras. O lançamento traz duas obras: contada sob a ótica de quatro meninos nada comuns, as crianças que foram São Pedro, Santo Agostinho, o escritor Saint-Exupéry e Ze zuz (o menino Jesus) percorrem a cidade, comentando, em seus pontos mais altos, o que cada um dos locais representa. A outra obra indicada pela Academia é o livro Memória Acadêmica, de Leide Câmara, que vem homenagear os 80 anos da Academia Norte-rio-grandense de Letras, fundada em 1936, por Câmara Cascudo. "Fizemos um levantamento dos nomes e chegamos ao número de 40 patronos e 135 imortais na academia. Esse trabalho é uma contribuição para memória cultural da cidade, pois ele agrega todos os grandes vultos da nossa história", disse a autora. As obras integram a parceria sob a marca do selo Notáveis do RN. "O máximo da intelectualidade Norte Rio-grandense está na obra de Leide. Obra esta que, se não fosse o Instituto, estaria sem edição ", sentenciou Diógenes.
Lançamento Editora IFRN (4).JPG​
Valorização

Wyllys Tabosa, reitor do Instituto, acredita que ações como as parcerias e o próprio lançamento vão ao encontro da política de valorização de personalidades da educação e da literatura, em especial: "Nomes como o do professor Mariz Fernandes, decano do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, têm de ser devidamente reconhecidos, afinal essa obra já está sendo utilizada pelos estudantes da área da Educação Profissional", disse. Mariz publicou um livro baseado em parte de sua tese de doutorado, cursado na Universidade do Minho, em Portugal. "Hoje realmente mais um dia de alegria e de júbilo: entregar essas obras, algumas delas na forma de e-book, vai dar a possibilidade de expandir esse conhecimento, essa literatura, por todo estado e pelo Brasil e pelo mundo afora. Isso vem coroar esse trabalho de dinamizar a produção intelectual no Instituto Federal do Rio Grande do Norte", finalizou o reitor.

Acesse

Editora IFRN: Educação norteia produção editorial

Poesia alemã e memórias da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras são algumas das temáticas

Editora IFRN: resultados de estudos e investigações estão entre os novos títulos

Novas obras da Editora IFRN trazem temas como Educação e Diversidade sexual

 





Comentários