NOTÍCIAS




Neste sábado (17) acontece a formatura da turma primeira turma de Agente Mirim de Trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU). A cerimônia, que contará com a presença do prefeito Carlos Eduardo Alves e a secretária da STTU, Elequicina Santos, está marcada para as 10h, no auditório do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte. Na ocasião será inaugurada a Escolinha de Educação de Trânsito que tem a missão de valorizar a vida no trânsito e multiplicar as boas práticas, valores e atitudes na mobilidade urbana.

 

Durante o ano de 2017, os alunos realizaram diversas atividades ligadas à educação de trânsito e cidadania com instrutores e educadores. Foram aulas teóricas e práticas com o objetivo de conscientizar as crianças sobre boas práticas no trânsito e na mobilidade da cidade. Neste primeiro momento, foram capacitados alunos da Escola Municipal Madalena Xavier de Andrade e o Jardim Escola Balãozinho Mágico. A formação capacitou 75 alunos, além professores e instrutores das escolas envolvidas no projeto.

 

Para a secretária da STTU, Elequicina Santos "a criança tem um papel fundamental na formação da nova sociedade que pretendemos construir. Daí, os ensinamentos das boas práticas no trânsito e na mobilidade com o objetivo de reduzir os números da violência na mobilidade nacional, particularmente na nossa cidade."

 

O objetivo principal do projeto "Agente Mirim de Trânsito" é formar as crianças para exercício da cidadania e da ética no trânsito, possibilitando a multiplicação desses conhecimentos, visando a segurança individual e coletiva.


Para tanto o projeto está sendo levado às escolas públicas da cidade e é divido em três fases: a primeira fase que preparar a criança para ser cidadã no trânsito e multiplicar o conhecimento adquirido; a segunda e terceira fases que proporciona à criança uma compreensão maior sobre a função do agente mirim, participando inclusive de algumas vivências e experiências no trânsito que são realizadas pela STTU com foco na redução de acidentes e melhoria da segurança.


Hoje, o trânsito é a principal causa da morte acidental de crianças até os 14 anos de idade no Brasil segundo a ONG Criança Segura. "E para reduzir esses números é que nasceu a ideia deste projeto que foca a conscientização e disseminação de conteúdos para um número cada vez maior de pessoas por meio da interatividade entre as crianças, suas famílias e a comunidade", pontuou Elequicina Santos. Depois da formatura, os alunos também poderão participar de eventos como blitz educativas, palestras e outras atividades na escola em que estudam.





Comentários