NOTÍCIAS




Os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Educação Física e Fisioterapia uniram seus conhecimentos na ação "Deficiência física: uma abordagem arquitetônica, fisioterapêutica e esportiva". A atividade foi desenvolvida na manhã de quarta-feira (23), no Centro de Convivência Nelson Mandela. Os alunos apresentaram diversas adaptações, de acordo com cada tipo de patologia, em um quarto comum, montado no local. Essas adequações tinham o objetivo de promover uma maior qualidade de vida a pessoas com deficiência, para que elas consigam executar normalmente as tarefas diárias de uma casa, além de atentar para a importância da acessibilidade aos futuros profissionais.

A parte esportiva foi trabalhada pelos alunos do curso de Educação Física. Eles trouxeram a vivência de esportes praticados por deficientes, como o futebol para cegos, o vôlei sentado e a bocha.


Participaram ainda o coordenador do curso de Fisioterapia, Robson Alves, os professore André Barreto e Carla Ismirna e a coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo, Camila Furukava.

Os professores à frente do projeto são: Giovani Pacheco (Arquitetura e Urbanismo); Carla Ismirna (Fisioterapia); Marília Rodrigues (Educação Física).

O projeto tem o apoio do Núcleo de Inclusão do UNI-RN, coordenado pela professora Marília Rodrigues.





Comentários