NOTÍCIAS






Com isso, a CEF abre possibilidade de atuação dos demais bancos

 

A nova alteração nas regras para obtenção de financiamento imobiliário na Caixa está dificultando o crédito aos consumidores. Em abril, após anunciar o segundo aumento do ano, a Caixa alterou o LTV (Loan-to-Value) que era de 90% para 80%, quando o sistema utilizado fosse o Sistema de Amortização Constante (SAC), e 50% para os que utilizassem a Tabela Price como sistema de amortização. Em ambos os casos o cliente poderia comprometer até 30% da renda bruta familiar.

Com a nova regra, quando no financiamento com recursos de poupança o sistema escolhido pelo cliente for a Tabela Price, o percentual máximo possível de comprometimento será de 25% da renda bruta, e o prazo máximo será de 240 meses.

Para ajudar e entender melhor os efeitos da mudança, segue abaixo quadro com simulação de imóvel no valor de R$ 400 mil e renda bruta no valor de R$ 6 mil. Nesse exemplo a entrada passaria a 61,38% do valor do imóvel:

Taxa Balcão

25%

30%

Prestação Máxima Permitida

R$ 1.500,00

R$ 1.800,00

Financiamento Máximo Limitado pela Renda

R$ 154.486,65

R$ 187.683,06

Entrada

R$ 245.513,35

R$ 212.316,94

 

Dessa vez a alteração não ficou restrita aos financiamentos com recursos de poupança, afetando também os financiamentos do programa pro-cotista. Nessa linha de crédito o LTV fica limitado a 70% e o prazo máximo é de 240 meses, para os clientes que optarem pelo sistema de amortização Tabela Price. Para os que optarem pela SAC, o LTV é de 85% para imóveis novos e 80% para imóveis usados, mantido o comprometimento de 30%.

Com mais essa alteração, a Caixa abre cada vez mais espaço para os outros bancos nos financiamentos de imóvel SBPE, visto que apesar de, teoricamente, oferecer dois sistemas de amortização ao cliente, inviabiliza o financiamento pela Tabela Price.

Cabe ressaltar que uma das diferenças entre os sistemas SAC e Price é que no primeiro o desembolso inicial é maior - ou seja, a parcela inicial é maior que o da Price -, logo o comprometimento da renda é superior, o que acaba por restringir o valor a ser financiado. Dessa forma a possibilidade de utilização da Tabela Price nas mesmas condições que da SAC, auxilia os clientes com renda bruta inferior, que teriam sua capacidade de financiamento aumentada.

 

Artigo de: Daniele Akamine

Bacharelado em Direito, Pós-Graduada em Direito Civil, Direito Penal e Processo Penal, MBA em Economia da Construção e Financiamento Imobiliário, técnica em Contabilidade e sócia diretora da Akamines Negócios Imobiliários Ltda www.akamines.com.br.





Comentários