NOTÍCIAS





Foto de Canindé Soares


O Teatro Alberto Maranhão recebe turistas o ano todo, seja para assistir aos espetáculos e shows musicais, seja para conhecer sua arquitetura ímpar, inspirada na belle epóque francesa e ainda preservada nas paredes e detalhes seculares do Teatro. Para gerar receita e reforçar a imagem do TAM junto aos turistas e interessados, o diretor Toinho Silveira irá montar - ou remontar - uma loja de souvenires nas dependências do teatro.
O diretor do TAM viajará a São Paulo nos próximos dias para adquirir CDs das grandes orquestras do Brasil e do mundo, além de outros materiais remetentes à imagem de um teatro tradicional. A ideia é também inserir a marca do Teatro em camisetas, broches e outros souvenires, além de colocar publicações produzidas pela Gráfica Manimbu (livros, revista Preá, etc), administrada pela Fundação José Augusto, nas prateleiras da loja.
A iniciativa de Toinho Silveira - viagem à São Paulo e aquisição de material - será feita com recursos próprios do diretor. "É uma vontade minha movimentar e tornar o Teatro autossustentável. Então, acho que com um empurrãozinho inicial essa lojinha engrena e passa a gerar receita ao Teatro, além de divulgar a marca do Governo do Estado, através do TAM e do trabalho realizado pela Gráfica da Fundação José Augusto", ressalta Toinho Silveira.

 





Comentários