NOTÍCIAS






O ministro Henrique Eduardo Alves recebeu o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves. Na pauta, obras no valor de R$ 20 milhões

Dois projetos em execução pelo Ministério do Turismo vão ajudar Natal a melhorar a infraestrutura da cidade para visitantes e moradores locais. A restauração de corredores turísticos, no valor de R$ 7,8 milhões e reurbanização da orla marítima no trecho entre as praias de Ponta Negra e do Forte, no valor de R$ 13 milhões, foram a pauta da reunião entre o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, e o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves.

"São obras importantes para a cidade. Gastamos entre R$ 6 milhões e R$ 8 milhões por ano em operações tapa-buracos", comentou o prefeito. Entre as vias e pontos turísticos beneficiados pelo projeto de restauração asfáltica estão a Afonso Pena, Avenida Café Filho, Via Costeira; praias do Forte, Meio e Artistas; e centros de Convenções e de Artesanato.

"Quero fazer do turismo, cada vez mais, uma plataforma de desenvolvimento econômico, geração de emprego e distribuição de renda. Para isso, a infraestrutura adequada é fundamental", afirmou Henrique Alves. Dos R$ 7,8 milhões previstos no projeto, o Ministério do Turismo liberou R$ 300 mil. Os pagamentos são feitos via Caixa Econômica Federal, responsável pelas liberação dos recurso de acordo com o andamento da obra.

O outro item da pauta foi a reestruturação da orla das praias de Ponta Negra e do Forte. Dos R$ 13 milhões previstos para o projeto, R$ 10 milhões já foram liberados pelo MTur. O projeto também é gerido pela CEF e os pagamentos são feitos mediante medições do andamento da obras.

Além do prefeito de Natal, o ministro recebeu seis deputados, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, e José Luiz Meighini, presidente da Inframérica, concessionária aeroportuária que administra, entre outros aeroportos, o Aluízio Alves (Natal/São Gonçalo do Amarante). "Vou fazer uma gestão ampla e transparente. O meu gabinete estará constantemente de portas abertas para todos aqueles que querem fazer um turismo melhor" afirmou o ministro.





Comentários