NOTÍCIAS






Até o final da próxima semana, a Secretaria de Estado da Saúde Pública vai regularizar, em toda hemorrede estadual, o serviço de cadastramento voluntário para doação de medula óssea que havia sido temporariamente suspenso, devido ao baixo estoque de reagentes para realização dos exames de histocompatibilidade genética (HLA).
Segundo a diretora do Hemocentro do Rio Grande do Norte (Hemonorte), a Secretaria Estadual de Saúde e a Secretaria de Planejamento (Seplan) já estão finalizando contrato, da ordem de R$ 3 milhões, para contratação da firma responsável pelo fornecimento do material referente ao ano de 2015.
Com relação ao antigo processo de fornecimento dos reagentes, a Secretaria também já fez empenho para pagamento de R$ 250 mil que deverá ser efetuado ainda esta semana. Após isso, o processo será formalizado e o Hemonorte recomeçará a receber o material, regularizando o serviço de cadastramento de voluntários para doação de medula óssea.
O material reagente é utilizado no exame de sangue realizado pelos Hemocentros com a finalidade de verificar a compatibilidade sanguínea entre doador e receptor de medula óssea. Quanto à doação de sangue, o Hemonorte esclarece à população que o serviço está funcionando normalmente.





Comentários